Logo Minuto61

Minha Filosofia 1981 – Aluisio Machado

Minha Filosofia 1981 - Aluisio Machado
Foto Reprodução Rede Social: @aluisiomachado82

Minha Filosofia 1981 – Aluisio Machado   (Samba de autoria de Aluisio Machado na voz do próprio Aluisio Machado, no CD “Os Meninos do Rio”, 2000) Compositor e Intérprete Aluísio Machado é um renomado compositor de samba, nascido em 1939 no Rio de Janeiro. Ele é conhecido por suas contribuições ao gênero e por sua […]

Minha Filosofia 1981 – Aluisio Machado

 

(Samba de autoria de Aluisio Machado na voz do próprio Aluisio Machado, no CD “Os Meninos do Rio”, 2000)

Compositor e Intérprete
Aluísio Machado é um renomado compositor de samba, nascido em 1939 no Rio de Janeiro. Ele é conhecido por suas contribuições ao gênero e por sua ligação com a escola de samba Império Serrano.

“Minha Filosofia,” de Aluísio Machado, é um clássico do samba carioca que usa ironia e redundâncias na letra. Lançada em 1981 por Alcione, a canção foi um protesto sutil contra a ditadura militar, combinando desilusão e esperança. A música reflete sobre a passagem do tempo e a sabedoria adquirida, destacando a importância do equilíbrio e da moderação. Com metáforas como “água demais mata a planta” e “relógio que atrasa não adianta,” a letra sugere que excessos são prejudiciais e que paciência é essencial. A mensagem final reforça que até coisas benéficas em excesso podem ser destrutivas.

Alcides Aluisio Machado, 13 de abril de 1939 (85 anos) é membro da Ala dos Compositores do Império Serrano, onde venceu 16 vezes a disputa de samba-enredo e atualmente é o maior vencedor de sambas da história da escola. É autor de clássicos do Império como “Bum Bum Paticumbum Prugurundum”, “Eu quero”, “Verás que um filho teu não foge à luta” e “O Império do Divino”.

CONFIRA A LETRA

Vai passar
Esse meu mal-estar
Esse nó na garganta
Deixe estar…
O próprio tempo dirá
Água demais mata a planta

Tudo que é muito é demais
Peço: me perdoe a redundância
Entrelinhas, só quero lembrar
A terra fértil um dia se cansa
É uma questão de esperar

Relógio que atrasa não adianta
E o remédio que cura
Também pode matar
Como água demais mata a planta

Por Minuto61

CONFIRA A COLUNA ARQUIVO MUSICAL

Quer ficar por dentro de todas as novidades?
Siga o perfil do Portal Minuto61 no Instagram e não perca nada!

Receba as últimas notícias diretamente no seu Whatsapp!
Siga o canal “Últimas Notícias DF

Tem uma denúncia ou sugestão de reportagem?
Envie para o WhatsApp do Portal Minuto61 DF

Sua participação é muito importante!

Últimas Notícias

Portal Minuto 61 © 2022 – Strike Media

Você ajuda nosso portal a crescer e continuar
trazendo as notícias mais importantes!

Sua participação faz toda a diferença!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa política de privacidade.