Michelle Obama é Trans? Será que é Fake?

Michelle Obama é Trans? Será que é Fake?
Imagens manipuladas

Michelle Obama tem sido alvo de um boato infundado que sugere que ela é uma mulher trans. Recentemente, um vídeo voltou a viralizar nas redes mostrando imagens manipuladas da ex-primeira-dama dos Estados Unidos com sobrancelhas grossas e bigode. O autor do vídeo afirma que Michelle, na verdade, seria um homem chamado Michael. No entanto, essa […]

Michelle Obama tem sido alvo de um boato infundado que sugere que ela é uma mulher trans. Recentemente, um vídeo voltou a viralizar nas redes mostrando imagens manipuladas da ex-primeira-dama dos Estados Unidos com sobrancelhas grossas e bigode. O autor do vídeo afirma que Michelle, na verdade, seria um homem chamado Michael. No entanto, essa teoria foi desmentida diversas vezes por agências de checagem de fatos e é baseada em preconceito e desinformação.

O vídeo viral mostra imagens editadas para alterar a fisionomia de Michelle Obama. Essas imagens foram manipuladas para parecerem antigas, mostrando Michelle com características masculinas, como sobrancelhas grossas e um bigode. No entanto, uma pesquisa reversa de imagens utilizando a ferramenta “Tineye” revelou que a fotografia original foi publicada no Instagram de Michelle Obama em dezembro de 2014, desejando um bom Natal aos seus seguidores.

Michelle Obama é Trans? Será que é Fake?
Imagens originais

Falsidade do Voto Masculino

Outra alegação falsa é que Michelle Obama teria votado como homem por anos. Esta afirmação foi desmentida pelo Conselho Eleitoral do Estado de Illinois, onde Michelle nasceu. Ela sempre votou como mulher e qualquer registro em contrário é fictício. Esta teoria foi amplamente compartilhada com mensagens transfóbicas, mas foi refutada por agências de checagem nos Estados Unidos.

Evite ser enganado por informações equivocadas e confira fontes confiáveis para se manter bem informado.
Evite ser enganado por informações equivocadas e confira fontes confiáveis para se manter bem informado.

Motivação Preconceituosa

A ideia de que Michelle Obama é trans é propagada frequentemente com um discurso preconceituoso. As alegações não têm base na realidade e servem apenas para desmerecer sua imagem pública. Michelle LaVaughn Robinson Obama, casada com Barack Obama, é uma figura influente e respeitada que fez história como a primeira-dama dos Estados Unidos, contribuindo significativamente para diversas causas sociais.

Michelle Obama dedicou sua vida a várias causas nobres. Ela é uma socióloga e jurista que trabalhou intensamente durante os dois mandatos de seu marido para combater a obesidade infantil e promover a importância do exercício físico. Além disso, Michelle foi uma defensora incansável dos direitos das mulheres em nível internacional. Recentemente, ela participou ativamente na campanha presidencial de Hillary Clinton, fazendo discursos que emocionaram milhões de pessoas.

Parentesco com Mulher Escravizada

Em 2009, uma pesquisa encomendada pelo jornal The New York Times revelou que Michelle Obama é descendente de Melvinia, uma mulher escravizada na Carolina do Sul. Melvinia foi forçada a ter um filho com um homem branco, Charles Marion Shields, que se tornou um dos tataravós de Michelle. Essa descoberta destacou as complexas raízes familiares da ex-primeira-dama.

Educação e Racismo em Princeton

Michelle Obama frequentou a Universidade de Princeton, enfrentando desafios significativos devido ao racismo. Quando ela chegou ao campus, a mãe de sua colega de quarto tentou, sem sucesso, mudar a filha de quarto por não querer que ela dividisse o espaço com uma pessoa negra. Apesar dessas adversidades, Michelle se formou em Sociologia com especialização em estudos afro-americanos e, posteriormente, estudou Direito em Harvard.

Tutora de Barack Obama

Antes de se tornar a primeira-dama, Michelle foi tutora de Barack Obama no escritório de advocacia em que trabalhavam. Michelle, que era mais jovem que Barack, ajudou-o durante seu estágio de verão. Eles se conheceram melhor e começaram a namorar, casando-se em 1992. Juntos, pagaram seus empréstimos estudantis, demonstrando seu compromisso e ambição acadêmica.

Oposição à Candidatura Presidencial

Inicialmente, Michelle foi contra a ideia de Barack Obama concorrer à Presidência. Ela temia o impacto que essa decisão teria na família, especialmente depois de anos difíceis enquanto Barack era senador. No entanto, ao ver a importância da candidatura, ela apoiou completamente seu marido, tornando-se uma figura crucial em sua campanha.

Vida na Casa Branca com a Mãe

Marian Robinson, mãe de Michelle Obama, também se mudou para a Casa Branca para ajudar na criação das netas, Sasha e Malia. Marian desempenhou um papel essencial na vida familiar dos Obamas, mantendo um perfil discreto, mas sendo fundamental no apoio à primeira-dama e suas filhas.

Michelle Obama é uma figura respeitada e admirada, cujas contribuições sociais e políticas tiveram um impacto duradouro. Os boatos que tentam descreditar sua identidade são infundados e refletem preconceitos profundamente enraizados.

Evite ser enganado por informações equivocadas e confira fontes confiáveis para se manter bem informado.

LEIA TAMBÉM:
George Soros utiliza fetos para fabricar cosméticos? – Será que é Fake?
Heineken mudou a fórmula? Será que é FAKE?
Será que é FAKE? Fenômeno Aphelion, vai fazer o frio que estão dizendo?

 

Quer ficar por dentro de todas as novidades?
Siga o Minuto61 no Instagram!

Receba as últimas notícias no Whatsapp!
Siga o canal “Últimas Notícias”  WhatsApp

Quer denunciar ou sugerir uma reportagem?
Envie para Portal Minuto61 DF

Sua participação é muito importante!

 

Portal Minuto 61 © 2022 – Strike Media

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça nossa política de privacidade.